quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Telessanita

«Mas pense bem, senhor presidente, pense só nos benefícios: jamais precisaria de esburacar as estradas e condicionar o trânsito, acabava-se com o mau cheiro das fossas e sarjetas, nada de entupimentos desagradáveis… e depois todas as novas possibilidades que a tecnologia permite!»
«Sim, mas… quer dizer… esgotos WiFi?»
«E não só! Também a distribuição da água, do gás natural e da electricidade podiam ser feitas por satélite! Tudo isso no mesmo pacote e com possibilidade de sincronizar automaticamente com o telemóvel e redes sociais! Basta clicar na aplicação e vusshhh, a internet trata de enviar todo o conteúdo da sanita directamente para o espaço!»
«E se houver problemas de rede?»
«Quais problemas de rede quais carapuça! Guardam-se os resíduos num disco rígido externo e elimina-se mais tarde. Não é bem melhor do que andar aqui com maquinaria pesada a criar engulhos por todo o lado? Já para não falar na poeira.»
«Alto lá! Nem me fale de poeira, venha de lá esse contrato!»
«Bem vindo à Era Digital, senhor presidente!»